Dia Nacional da Cachaça
 

CACHAÇA LEGAL

Atenção!
O consumo de cachaça que não possui registro nos orgãos competentes não é ético e pode prejudicar a sua saúde

O Cachacista - Se beber não dirija
O Cachacista - Cuide do planeta

O Espaço da Cachaça!

Cachaça, o mais brasileiro dos prazeres...
A cachaça é a bebida destilada mais consumida no Brasil e a terceira no mundo.

O site O Cachacista foi concebido para ser o espaço destinado a todos os envolvidos com a cachaça: fornecedores, produtores, engarrafadores, distribuidores, profissionais e apreciadores.

Reúne informações relevantes sobre a mais brasileira das bebidas, desde o seu surgimento até os dias atuais.

A Empresa O Cachacista tem o objetivo de prestar serviços de consultoria, assessoria e treinamento, bem como elaborar material didático, manuais, planos de marketing e negócios, implantar sistema integrado de gestão, procedimentos operacionais e também organizar eventos, seminários, palestras, workshops e degustações, tendo como foco a cachaça.

A palavra O Cachacista é um neologismo criado por Jairo Martins da Silva para designar o "Sommelier da Cachaça" - aquele que orienta os apreciadores na escolha da cachaça que melhor harmoniza com pratos e com o momento.

Nossa Missão é servir de veículo de comunicação, divulgação e orientação àqueles que interagem com a cachaça, desde o produtor até os apreciadores, passando pela distribuição e pelo serviço, visando sempre contribuir para a melhoria da qualidade e o seu sucesso de posiconamento nos mercados nacional e internacional.

A nossa Visão é sermos um instrumento neutro de alta credibilidade na intermediação da informação para que a nossa cachaça seja a bebida do século.

O idealizador

O Cachacista foi criado em 2008 e é dirigido pelo Professor e Engenheiro Jairo Martins da Silva, que é um dos principais formadores de opinião no segmento da cachaça, no Brasil e no Exterior.

Prof. Eng. Jairo Martins da Silva, pernambucano do Recife, é graduado em Engenharia Eletrônica pelo ITA — Instituto Tecnológico de Aeronáutica com Pós-Graduação em Marketing e Propaganda pela FAE/CDE (Curitiba) e em Gestão Empresarial pela Duke University (North Carolina/USA).

Desenvolveu as suas atividades profissionais na Siemens Ltda., no Brasil, e na Siemens A.G., na Alemanha, nas áreas de Telecomunicações e Tecnologia da Informação, ocupando cargos de Diretoria, CIO, Gerência Geral e Vice-Presidência.

A partir de 1995 começou a dedicar-se ao estudo de vinhos e bebidas espirituosas, principalmente a cachaça, sobre a qual escreve artigos, profere palestras e conferências, ministra cursos e conduz degustações. Participou de cursos de extensão de análise sensorial de vinhos, whisky e cachaça, no Brasil (Campinas - FEA / UNICAMP) e na Alemanha (München - MVHS), produção de destilados, no Brasil (Jaboticabal - UNESP) e na Áustria (Klagenfurt - Karnburger Privatbrennerei), e Sistema de Certificação de Cachaça (Belo Horizonte - SEBRAE MG).

Publicou em setembro 2006 o livro “Cachaça: o mais brasileiro dos prazeres”, já na 2ª Edição.

É professor visitante da Münchener Volkshochschule, em Munique, onde semestralmente ministra os seminários “Cachaça und Caipirinha: Kultur und Genuss aus Brasilien” (Cachaça e Caipirinha: cultura e prazer do Brasil), “Cachaça und Rum: Kultur und Genuss aus Lateinamerika” (Cachaça e Rum: cultura e prazer da América Latina) e “Von Absinth bis Wodka: eine flüssige Reise um den Globus” (Do Absinto à Vodca: uma líquida viagem ao redor do globo), e do Curso de Graduação de Tecnologia de Bebidas da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo.

Profere também palestras em empresas e entidades de Recursos Humanos e ministra aulas de empreendedorismo e gestão de carreiras na BSP - Business School São Paulo, sempre tendo como foco o negócio da cachaça. É membro honorário do IBRAC - Instituto Brasileiro da Cachaça, Consultor Especial da Câmara Setorial da Cachaça, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Diretor da FCMF - Fundação Casimiro Montenegro Filho.

Em 2007 recebeu a Ordem do Mérito da Falasp - Federação das Academias de Letras e Artes do Estado de São Paulo - no grau de Comendador Grande Oficial -, em reconhecimento de suas práticas que contribuem para o desenvolvimento cultural, artístico, educacional e científico do Brasil.